quinta-feira, 30 de junho de 2011

Breve e auto-explicativo - a mulher guardanapo

Diálogo
- Esta mulher é como um guardanapo...
- Branca? Magra? Fina?!
- Não...sem interior.

Quantas mulheres guardanapo você conhece?

quarta-feira, 29 de junho de 2011

Operação #Poisé - eu apóio

Muitas vezes no cotidiano nos deparamos com pessoas defendendo idéias do tipo: nazistas, racistas, preconceituosas, totalitaristas ou burras mesmo. A não ser que esta pessoa esteja no seu seleto círculo de amigos, seleto do tipo "os dez mais", use o poderoso "Pois é..."
O "Pois é..." primeiro te redime de ter que encumpridar o assunto e pode ser repetido indefinidamente, até que o tema morra. Além disso, quem realmente te conheçe sabe que você não está concordando.
Não é? Pois é...



terça-feira, 28 de junho de 2011

Pensamento do dia

Pensamento do dia, enviado por uma leitora:
 "O quilo do homem de "qualidade" está valendo mais que o do ouro no RJ."

Na dúvida, escolha um mais levinho...

segunda-feira, 27 de junho de 2011

Se você não for otimista, tente ser realista

O otimismo é em parte determinado pela genética e em parte pelo ambiente. Se você não é naturalmente uma pessoa otimista dificilmente passará a sê-lo. I am sorry.
Minha recomendação é: se você não puder ser otimista, seja realista.

O Manuel queria pular de pára-quedas, e se matriculou numa escola de paraquedismo. No dia do seu primeiro salto, com o avião à 10 mil pés de altura, o instrutor diz:

- É só o senhor colocar esta mochila nas costas, pular, e puxar a primeira cordinha. Se o pára-quedas não abrir, puxe a segunda cordinha. Lá embaixo vai estar um jipe, esperando para trazê-lo de volta.


O português salta, puxa a primeira cordinha e não acontece nada.


- Ai meu Jisuis.


Puxa a segunda cordinha, e nada.


- Ai meu Jisuis! Só falta o jipe não estar lá me esperando.


Procure enxergar o lado bom das coisas.

domingo, 26 de junho de 2011

A força

Quando os tempos forem difíceis mentalize a imagem da força. Ela mostra uma mulher controlando e guiando gentilmente um leão. A força não reside em revidar, agredir ou agir. A maior força reside na paciência, na tolerância e no amor.
Uma mulher não pode usar sua força física para dominar um leão. É o auto-controle e a liderança que faz com que o leão gentilmente obedeça a mulher.


sábado, 25 de junho de 2011

Que dó destes pais

Veja a imbecilidade dos pais quando o filho está sentindo a mais difícil constatação existencial: a morte.



 
Perceba que lindo gesto quando ele abraça o irmão para tentar consolar-se e consolá-lo. Depois demonstra raiva, dizendo que uma outra formiguinha vai morder a perna do irmão. O irmão observa mas não capta o sentimento. A mãe fica como uma pateta, achando graça, achando bonitinho o desespero do filho e estimulando-o. O pai fala que vai colocar a formiguinha lá fora para ela ir embora, como ela estivesse ainda viva! O filho de 2 anos responde "Ela não vai..."
Se você já tinha visto este vídeo e também achou bonitinho, anote aí: somos a formiguinha e também morreremos de maneira banal. 





sexta-feira, 24 de junho de 2011

Meu primeiro casamento, viva São João!

Quando eu tinha 4 anos de idade participei dos ensaios da quadrilha de festa junina na escola. Claro que não dancei no dia da apresentação; fiquei morrendo de medo da horda de crianças. Entretanto, eu percebi que a noiva era a estrela da festa. Soltei a mão da minha mãe e fui perguntar à professora como eu poderia fazer para ser a noiva do próximo ano. Ela respondeu "Você tem que arrumar um noivo". Eu saí em busca dos dois meninos mais bonitos da minha sala, sendo que o segundo, um branquinho de lindos olhos azuis, topou ser o noivo. Voilá! No ano seguinte eu fui a noiva e casei usando a grinalda que minha mãe se casou.

Este pequeno relato foi relembrado ao ver o vídeo desta sábia garotinha. 

Tá certo que nem todo mundo aprende tão cedo. Mas darling, já está na sua hora não é?

quinta-feira, 23 de junho de 2011

A frase última

Proponho hoje que você exercite sua frase última. O que é sua defesa primordial? Qual é a sua frase última no momento em que você se sente ameaçada? Pense em como as pessoas te percebem, talvez daí possa vir sua frase última.
Conheço algumas frases últimas: "Não fui eu quem errou", "Não preciso de você", ou  "Só é bom se eu fizer".
Qual é a sua frase última?




quarta-feira, 22 de junho de 2011

A moeda


A percepção humana do mundo é como os dois lados de uma mesma moeda. Medo e desejo, vida e morte, poder e submissão, claro e escuro, rico e pobre. Frequentemente cometemos a tolice de pensar que podemos jogar a moeda e esperar que ela sempre caia do mesmo lado. Vivemos em uma roleta humana. O mais engraçado é que temos a impressão que podemos mesmo alcançar esta estatística. Na verdade, os dois lados se autoalimentam. É um ciclo vicioso. Desejar, desejar, desejar e temer, temer, temer. Tenha isso em mente nos momentos em que você achar que pode mesmo, sempre tirar o mesmo lado.

O perfil fanfarrão em várias versões

Seguem exemplos da evolução do fanfarrão classe média emergente.
Identifique com qual você está saindo e morra de rir. Mostre para ele e veja que ele não vai discordar do título de fanfarrão, ele vai discordar é da descrição. Ouça comentários do tipo "escolhi uma foto qualquer, nem sei mexer no Face".

20 anos - foto sem camisa mostrando corpinho, micareta, cerveja na mão
30 anos - foto em night da moda, camisa social justinha, ao lado mesa com garrafa de uisque 12 anos,vários energéticos
40 anos - foto em restaurante ou lounge com camisa caríssima, vinho tinto francês ou Champagne (eu disse Champagne! Não espumante...rs...) fazendo pose para Caras
50 anos - foto com roupa sport e barco ao fundo, mostrando peixe pescado ou brindando com amigos
60 anos - foto no aniversário do filho ou filha, rodeado de gatinhas

segunda-feira, 20 de junho de 2011

As pessoas não têm conserto

Pessoas não são automóveis, elas não têm conserto e geralmente vão manter as características originais de fábrica. Se alguma coisa em um amigo, namorado, te incomodar, você tem duas opções: aceite a limitação ou aceite que você não é capaz de conviver com ela. O outro não muda. Anote aí, pensamento da semana, o outro não muda pela ação externa.

domingo, 19 de junho de 2011

Aerolíneas

Aconteceu, você fez o melhor que pode, seguiu o check-list básico, foi criteriosa na escolha e não deu certo. Normal, uma vez que o mundo não é justo. Permita-se ficar um pouco triste, afinal, você investiu seu tempo e sua beleza. Depois que estas horas de sofrimento passarem. Volte e emita outro bilhete de primeira classe para sua solteirice.

A fila não anda, babe, ela voa!

sábado, 18 de junho de 2011

Compaixão, um conceito difícil de entender e exercitar

Há pouco tempo eu entendi o que significava compaixão. Não, não é sentir a dor do outro, não é colocar-se no lugar do outro, leia primeiro.
Compaixão significa, preste bem atenção: que você e o outro são apenas Um. É o princípio de todas as religiões.
O que você condena no outro também faz parte de você, a raiva do outro também é a sua, que o lado fétido, pobre, ignóbil do outro também é seu. Uma vez que estamos vivos e habitamos o mesmo planeta, feliz ou infelizmente, estamos todos interligados e presos no ciclo da vida e da morte. Não importa como culturalmente passaremos pela vida, os sentimentos humanos são os mesmos.
Do pó ao pó, todos passaremos pelas mesmas etapas de nascimento e morte.

Quando um carro te fechar no trânsito, quando você for trapaceada, quando apanhar, for torturada psicologicamente, for ignorada, desprezada, humilhada, esta é a melhor hora de exercitar a sua compaixão. Difícil né?

sexta-feira, 17 de junho de 2011

O leão no shopping center

Muitas vezes deslocamos nossas preocupações para uma única questão. Ficamos fixados em uma idéia para poder tentar resolver outros problemas. Isso é o que eu chamo de leão no shopping center. Imagine-se em um shopping lotado e de repente, entra um leão correndo. Todos os medos são canalizados para a presença do leão. Você esquece os demais problemas da sua vida. Preste atenção se algo em particular está tomando a dimensão de um leão, para poder abarcar outras questões. Geralmente elegemos o problema "leão" onde temos algum controle. Por exemplo, elegemos que nosso problema é emagrecer, é garantir a segurança de alguém amado, a nossa saúde, a arrumação da casa, é o nosso relacionamento amoroso, etc.

Se você tem pensado muito frequentemente em um único problema, talvez ele seja o seu leão.
Pense um pouquinho.

quinta-feira, 16 de junho de 2011

Breve e auto-explicativo: sexo é como um clássico de futebol


Dois times em campo. Dois tempos de 45 minutos e 15 minutos de intervalo. 
Geralmente sai mais de um gol e pode terminar empatado.



Vai com tudo, artilheira do campeonato!


quarta-feira, 15 de junho de 2011

O jogo é jogado


Não importa se concordamos ou não com as regras do jogo social, ele é jogado. Para poder quebrar as regras é necessário primeiro conhecê-las.
Tenha em mente que saber as regras de um jogo não é jogá-lo bem. Eu sei as regras do xadrez e sou uma jogadora iniciante. 

Entretanto, sem saber as regras eu nem poderia participar do xadrez, não é mesmo darling?

terça-feira, 14 de junho de 2011

Pessoas flex e gays


A grande maioria das mulheres sabe quando um cara joga no mesmo time dela: gosta de homens. Para o bem daquelas que não conseguem, e felicidade das amigas que não precisarão convencê-las, vamos relembrar a questão.
Primeiramente, é preciso entender que o homem não está interessado em conversar com você. Ele não quer uma amiga! Ele quer você, no sentido bíblico mesmo. Amizade ele faz depois, se ele quiser. Tenho um amigo que defende a seguinte teoria: mulher serve para duas coisas. a) Para levar para cama; b) Para apresentar amigas que ele possa levar para a cama. Muito machista? Talvez.
Logo, a forma mais decisiva de saber se um cara é gay (ou não) é você dar mole descaradamente.

Se ele não tem um compromisso muito sério ou se não está lidando com um problema gravíssimo, pode ter certeza de que, muito possívelmente, ele é gay.
Onde se lê compromisso sério e problema gravíssimo, vamos adotar exemplos concretos: ele vai depor em um tribunal; o time dele está na final de um campeonato (e é hoje); morreu alguém da família dele; o chefe dele vai promovê-lo ou demiti-lo; ele já vai sair com outra, mais gostosa que você.
Por que não citei os trejeitos e quebradas de mão? Porque isso pode não ser decisivo.
Além do que, o que mais existe é gente flex que joga nos dois times e faz isso com a maior naturalidade. Nesses casos, fica ao seu critério apostar ou não.
Este mole é o que eu chamo de “dar um tiro de 12mm”. Se depois de tomar um tiro ele não cair em seus braços, não cairá mais. Um tiro de 12mm” mata qualquer um, acredite. 

(Eu sei que a arma da Angelina não é uma 12mm, grata por reparar).

Seus problemas acabaram!

Eu encontrei o outfit para você que é perfeita.
Agora na rua todos que ainda não reconheceram o quão maravilhosa você é, vão te ver de longe, e não é só isso!


Ligando agora você ainda ganha aulas de artes-marciais e pilotagem para o avião invisível!


Ligue agora e adquira o seu Kit! Todos os homens vão ficar caidinhos por você.

0800-vêsemeerra

segunda-feira, 13 de junho de 2011

Qualquer um by Martha Medeiros

A reclamação é antiga, mas continua vigente: mulheres se queixam de que não há homem "no mercado". Acabo de receber um e-mail de uma delas, contando que faz parte de um grupo de mulheres na faixa dos 35 anos que são independentes, moram sozinhas, trabalham, falam idiomas, são vaidosas, têm cultura, fazem ginástica e que, mesmo com tantos atributos, seguem solteiras, e temem não haver tempo para formar a própria família. No finalzinho da mensagem, descubro uma pista para a solução do problema: "Apesar de o relógio biológico estar nos pressionando, não queremos procriar com qualquer um. Queremos um cara bacana para ir ao cinema, almoçar no domingo, viajar nos finais de semana."
         Claro. Quem não quer?
         Não há problema nenhum em ser exigente, em querer uma pessoa que seja especial. O que me deixa intrigada é que há mais probabilidade de você encontrar "qualquer um" do que um deus grego com um crachá escrito "Príncipe Encantado". Então me pergunto: as mulheres estarão dando chance para que este "qualquer um" demostre que está longe de ser um qualquer?
         Sou capaz de apostar que a maioria das mulheres, no primeiro papo, já elimina o candidato, e quase sempre por razões frívolas. Ou porque o sapato dele é medonho, ou porque ele não sabe quem é Roman Polanski, ou porque ele gosta de pizza de estrogonofe com banana, ou porque ele só gosta de comédia, ou porque ele mistura steinheger com cerveja, ou porque o carro dele é um carro do ano. Do ano de 1991. 
         Imagina se você, proveniente de uma família estruturada, criada dentro de padrões de  bom gosto, com qualidades encantadoras, vai se envolver com este... com este... com este sei-lá-quem.
         Pois o "sei-lá-quem" pode ser, sim, aquele cara bacana que levará você para almoçar no domingo, mas você tem que dar uma mãozinha, minha linda. Recolha seus pré-julgamentos, dê umas férias para seus preconceitos, deixe seu orgulho de lado e saia com ele três, quatro vezes, até ter certeza absoluta de que o sapato medonho vem acompanhado de um caráter medonho, de um mau-humor medonho, de uma burrice medonha. Porque se o problema for só o sapato e a pizza de estrogonofe, isso dá-se um jeito depois, ele não há de ser tão inflexível. 
         Aliás, e você? Garanto que também não sai pela rua com uma camiseta anunciando "Mulher Maravilha". Ele também vai ter que descobrir o que há por trás da sua ficha estupenda, e vá que ele implique com as três dezenas de comprimidos que você ingere por dia, com sua recusa em molhar o cabelo no mar, com sua fixação por telefone ou com os seus sutiãs do ano. Do ano de 1991 também. 
         Esta coisa chamada "história de amor" requer um certo tempo para ser construída, e as que dão certo são aquelas vividas com paciência, com o espírito aberto e geralmente com qualquer um que consiga romper nossas defesas e nos fazer feliz. 



                                           Martha Medeiros, 22 de outubro de 2006



P.S. Este texto chegou até mim diretamente da Pitonisa: Martha Medeiros. Quase morri quando vi o email dela. Fim do momento celebridade.

Campanha: LARGUE O CELULAR ANTES DE BEBER - Por um mundo melhor.

Se você tem um candidato que é passível de ser alcançado nestas condições, bêbada com celular, delete o número dele da memória e deixe-o escrito em papel com uma amiga. Vai ser bem difícil você, bêbada, convencer a sua amiga a te dar o número. Sóbria, no dia seguinte, você não ligará de qualquer jeito.
Fica a dica!


sábado, 11 de junho de 2011

Regrinhas básicas até ele ser seu namorado


NUNCA

seja a primeira a ligar
vá buscá-lo em casa com seu carro ou o encontre em lugar marcado, ele tem que ir te buscar.
pague ou divida a conta
conte seus problemas
conte seu dia tim-tim por tim-tim
fale mal de qualquer pessoa, mesmo que ele fale
defenda fervorosamente qualquer ponto de vista, incluindo, política e futebol
faça inquérito policial perguntando sem parar. A conversa tem que ser natural
fale muito palavrão ou muitas gírias (um pouco pode ser aceito dentro de um contexto)
seja fútil ou egocêntrica, evite papo de grifes ou falar sobre como você é maravilhosa
faça planos para seu próximo encontro com ele
fale que você quer se casar e ter filhos
fale de qualquer ex-seu ou dele

SEMPRE
Deixe que ele escolha onde vai te levar, isso vai determinar o quanto ele quer te impressionar, se ele se sente confortável naquele local, etc.

EVITE
fazer sexo no primeiro encontro, se rolar rolou, normal, mas podendo evitar é melhor


sexta-feira, 10 de junho de 2011

Golpe tangencial: "eu queria tanto aprender a surfar"


Este é um golpe avançado. Não tente usar este golpe antes de dominar bem outros mais simples. Você deve realmente estar muito bem preparada para aplicá-lo sob o risco de parecer ridícula.
Uma vez uma amiga estava em um avião voltando para casa quando viu um surfista maravilhoso sentado um pouco à sua frente. Como ela sabia que ele era surfista? Bem ele tinha pinta de surfista, poderia ser também mergulhador, etc. Queimado de sol e com o cabelo loiro de tanto pegar sol. Um senhor sentou ao seu lado no avião e ela começou a conversar com o senhor. Ela conseguiu levar a conversa para o lado dos esportes e introduziu a célebre frase: "Eu queria tanto aprender a surfar". Ela nunca, é claro, teve nenhuma vontade de aprender a surfar. Estava apenas dando elementos para que se o “surfista” quisesse falar com ela, tivesse algum assunto para abordar. O tal “surfista” não parava olhar para ela. 


Era uma situação engraçada, como ele estava mais à sua frente, dava muito na cara toda vez que ele olhava para ela, que estava apenas "distribuindo santinhos".
No momento de pegar as malas, ele chegou ao seu lado, todo tímido e lhe entregou um cartão. "Oi eu sou surfista profissional, por acaso eu ouvi você falar no avião que gostaria de aprender a surfar". Ela fez a melhor cara de espanto disponível. Saíram depois (ela mandou um email com seu telefone e esperou ele ligar).
Claro que não foi nada sério, afinal, era um surfista.

quinta-feira, 9 de junho de 2011

A Regra 10 - sexo por esporte



Esta regra consiste em recomendar que você não firme compromisso duradouro (casamento, morar junto etc) sem antes ter transado com pelo menos 10 homens diferentes na sua vida. Isso é uma margem de segurança para você ter alguma amostragem do que pode ser o sexo. Talvez a regra seja falha, talvez ela não ajude em nada a você experimentar mais, é apenas uma tentativa de fazer com que as mulheres experimentem mais.
Aliás, essa regra é basicamente traçada para que você faça sexo como experiência e não como conseqüência de uma grande paixão. É indiscutível que fazer bom sexo apaixonada é muito melhor do que fazer bom sexo sem estar apaixonada. O ponto é que as mulheres às vezes se privam de experimentar transar com outros homens, porque ainda querem transar apenas fazendo "a escolha certa".
Isso não exime o check-list básico de não pagar a conta jamais e não ir ao encontro dele, mas talvez possa abrir uma exceção quanto ao grau intelectual ou financeiro do rapaz.
Experimente fazer mais sexo para ter um bom conhecimento do que ele é. Assim quando você encontrar alguém que possa ser seu namorado, você é mais capaz de poder explorar este universo, tem um currículo melhor, que jamais será mencionado, nem sob tortura.
Sempre faça sexo com proteção para evitar cenas de horror e medo, incluindo testes de HIV e ou uma gravidez indesejada.
Explore mais esta fera indomável que existe em você! Grauuuuu! Divirta-se!


Cuidado! Ao se aventurar por esse terreno do sexo por esporte fique alerta para detectar se por acaso estiver se apaixonando. O tipo mais traiçoeiro de amor é o amor de P! Mulheres geralmente em situação vulnerável emocionalmente (assim que terminaram um relacionamento longo ou em período prolongado de seca sexual) tem uma maior disponibilidade para cair nessa armadilha fálica. Levante suas defesas imunológicas com muita auto-estima e bom senso.
Tenha sempre consciência de que ele está lá para te fazer bem e não para compromissos duradouros. Não estou dizendo que você não pode achar o cara certo quando está apenas procurando diversão, mas é bem improvável e não é o propósito de sexo por esporte. Mantenha sempre seus olhos bem abertos!

quarta-feira, 8 de junho de 2011

Golpe Moonwalker



Lembra do Michael Jackson e aquela famosa andadinha para trás? Pois então, vamos aprender a fazer isso hoje. Muito eficiente em ambientes cheios como boates e shows. É a técnica perfeita para você que não consegue ‘chegar’ em um homem. Não é preciso dizer nem uma palavra! Primeiro localize seu alvo na multidão, depois vá recuando sua posição devagar (sempre de costas para o alvo) até ficar bem próximo dele, então finja que alguém te empurrou e esbarre nele. Neste momento solte um "Aii!" e se vire sem se afastar. O indivíduo vai se desculpar na hora e perguntar se está tudo bem com você. (Se não fizer isso ele é um mal educado e não serve). Depois disso é só dar um sorriso e deixar o moço vai fazer o resto do trabalho.

O Moonwalker foi desenvolvido por uma amiga no Festival de Verão de Salvador. Ela foi com o pai e amigos dele. O controle estava muito forte e era quase impossível se afastar do grupo, então o que ela fez foi um Moonwalker coletivo! Foi chegando o grupo todo para trás até chegar bem próximo do seu alvo. Funcionou que foi uma maravilha!

terça-feira, 7 de junho de 2011

Prazo de validade


Muito bem, você saiu com o moço, ele pediu seu telefone, o encontro foi maravilhoso. Neste momento começa a contar o prazo de validade do rapaz. Se até o próximo sábado ele não te ligar para sair, não importa o motivo, incluindo os exemplos: ele sofreu um desastre aéreo, o pai infartou, a irmã dele perdeu o bebê. Você não deverá jamais sair novamente com ele.

“Ah...mas ele ligou no domingo à tarde", "ah mas ele foi tão gentil", "ah, mas estamos perto do dia dos namorados e seria tão bom ter alguém.”


Anote aí: você não é a primeira opção na lista dele. Ele não está tão a fim de você.

Quando o sujeito está muito a fim ele liga logo. Os mais contidos demoram um dia ou dois. Os homens quando querem trazem o mundo, com chantilly, para a mulher.

Agora se você se contenta em ser tapa-buraco, se foi isso que você sonhou para seu futuro. Vá em frente e coma este iogurte estragado!

segunda-feira, 6 de junho de 2011

Pegue o seu caderninho rapaz solteiro

Querido, hoje é dia de você pegar o caderninho. Como você passou no check-list básico, você mora sozinho. Contrate uma faxineira para limpar sua casa na quinta-feira dia 09 de junho. Sexta-feira é dia do final de semana dourado começar. Domingo é dia dos namorados.

Pegue sua lista de telefones, emails e afins. De hoje até quinta-feira é período de prospecção para uma, duas ou até três noites de romance! Todas as moças solteiras há mais de seis meses, estão desesperadas para receber um telefonema aguardando um convite legal.

Preparativos para o fim de semana:
Música romântica tipo lounge e quando o clima esquentar CD do Rod Stewart.
Tenha em mãos dois ou mais telefones de rádio-taxi e dinheiro cash, caso você não queria que a moça durma contigo.
Duas trocas de lençóis limpos e cheirosos a postos, bem como toalhas de banho limpas sem furos ou rasgos.
3 cuecas novas, pelo amor de Deus.
Conjunto de fondue e taças para espumante e vinho tinto. Se você não tem isso, compre. Acredite, é um ótimo investimento.

Sexta-feira
- Fondue de queijo pronto e pãezinhos para acompanhar;
- Espumante moscatel e vinho tinto pinot noir ou merlot. (nunca se sabe quem aceitará o seu convite. Caso sua pretendida não seja entendida de vinhos, aposte nos mais fáceis de beber);
- Água mineral 2L;
- Chocolates em forma de coração;
- Zentas camisinhas, porque você é uma máquina de sexo;
- Velas baixinhas tipo as da foto.

 Sábado

- Massa fresca pronta, molho de queijos pronto;
- O resto é igual, as velas são reaproveitáveis.

Domingo, atenção, cuidado com suas palavras neste dia. Qualquer coisa dúbia será interpretada como um pedido de namoro. Jesus quantas calorias! Aff não sei o que sugerir como cardápio...você veja o que aguenta comer. Não pode ser pizza! Eu repetiria o fondue. O resto é igual.

Custo estimado, contando a faxineira e táxi, de três noites de amor e romance, com três gatas distintas, 300 reais, com a certeza de sexo! Não esqueça de ligar no dia seguinte para a linda agradecendo a noite maravilhosa e de se livrar dos vestígios da noite passada.

Eu sou ou não sou uma fofa?

Sunday darling, depois me conte qual foi o cardápio!

Golpes - Olha o avião!



Este golpe é inspirado nos Trapalhões. Ele surgiu com Didi Mocó lutando boxe. É um truque dos palhaços de circo.

Não querida, eu não estou sugerindo que você lute boxe nem que vire uma palhacita. O golpe do avião significa: faça qualquer coisa. Fale qualquer coisa, o importante é criar uma condição de conversa inicial.

Comente qualquer coisa que lhe vier a cabeça, se o moço estiver interessado, ele vai dar um jeito de encumpridar a luta. Garanto.

 

 

sábado, 4 de junho de 2011

Vamos dar uma volta no shopping!

Esta frase foi dita por uma amiga quando estávamos saindo do shopping "Vamos dar uma volta no shopping?!" , eu respondi "Claro!". Foi um momento muito divertido, caímos na risada. Amigas verdadeiras têm este tipo de sintonia. Quando você ver um candidato em potencial, você deve se fazer notar. Permita-se uma segunda chance de cruzar com o candidato.



Para você poder se aprimorar, em breve estarei postando diversos "Golpes Ninja".
Técnicas de approach, darling.

sexta-feira, 3 de junho de 2011

O exemplo do taxista

Outro dia, conversando com um taxista, eu confirmei o meu check-list básico.
O taxista, um senhor de uns 50 e poucos anos, deixou claro que além de pegar e levar a namorada ao trabalho, paga as despesas da casa dela, dá semanalmente uma grana. Eles estão juntos há três meses apenas! Nas palavras dele "não é certo eu ir lá na casa dela, comer, brincar e a moça pagar as contas sozinha".
Toda vez que seu príncipe esquecer de pagar a conta do restaurante ou se recusar a te pegar no trabalho, lembre do taxista. Grata.

quinta-feira, 2 de junho de 2011

Breve pausa para o amor

Eros e Psiqué - poema de Fernando Pessoa

Conta a lenda que dormia
Uma Princesa encantada
A quem só despertaria
Um infante, que viria
De além do muro da estrada.

Ele tinha que, tentado,
Vencer o mal e o bem,
Antes que, já libertado,
Deixasse o caminho errado
Por o que à Princesa vem.

A Princesa Adormecida,
Se espera, dormindo espera.
Sonha em morte a sua vida,
E orna-lhe a fronte esquecida,
Verde, uma grinalda de hera.




Longe o Infante, esforçado,
Sem saber que intuito tem,
Rompe o caminho fadado.
Ele dela é ignorado.
Ela para ele é ninguém.

Mas cada um cumpre o Destino--
Ela dormindo encantada,
Ele buscando-a sem tino
Pelo processo divino
Que faz existir a estrada.

E, se bem que seja obscuro
Tudo pela estrada fora,
E falso, ele vem seguro.
E, vencendo estrada e muro,
Chega onde em sono ela mora.

E, inda tonto do que houvera,
À cabeça, em maresia,
Ergue a mão, e encontra hera,
E vê que ele mesmo era
A Princesa que dormia.

quarta-feira, 1 de junho de 2011

SMS e afins é coisa para quem tem medo


Vejo que depois do primeiro encontro os homens fracos em atitude têm mania de ficar trocando SMS. Se isso acontecer com você simplesmente adote uma mensagem padrão: detesto digitar se você quiser conversar, me ligue. Não alimente esta praga que anda se espalhando por aí. SMS é para quem já tem intimidade com você: amigos, família, namorado ou marido. Não é para alguém que ainda está (ou deveria estar) querendo te conhecer. NÃO TROQUE SMS. Deixe que ele tenha que se esforçar para entrar em contato. Ele tem meios suficientes de conseguir falar com você, eu garanto.